Aroma de café

caféavelã

Café é uma daquelas bebidas inconfundíveis. Se estão fazendo perto de você, você vai saber, porque o aroma é uma de suas principais características, e parte imprescindível da experiência para os cafezeiros.

Por isso sempre achei esses novos cafés com aroma e sabor diferente uma baita frescura. Quer dizer, pra que tentar melhorar o que já é incrível? Por outro lado, sempre tive um certo fascínio pela Starbucks, uma vontade de entender o que é um mocca, um frappuccino, um americano. Faz um tempo que matei a curiosidade, mas eu continuo indo. Adoro a experiência de poder pedir algo novo toda vez, experimentar novos sabores e descobrir os que mais gosto.

Quando compramos uma dessas cafeteiras emperequetadas aqui pra casa, não imaginava a quantidade de opções que teria. A nossa máquina não é das mais chiques – é a da Pilão -, mas pouco tempo depois já compramos pacotes e pacotes dos envelopinhos mágicos que ficam prontos em segundos. Clássico, suave, intenso, mogiana, cerrado mineiro, e até de baunilha e avelã. Me pego harmonizando sabores de café com o lanche e me pergunto o que aconteceu com a menina que prefere o cafezinho tradicional ao expresso.

A Senseo foi uma das melhores aquisições do ano, com a desculpa de receber bem os clientes que passam pelo nosso home office. Mas na verdade foi um presente pra nós mesmos, eu e Daniel, apaixonados por café e agora constantemente surpresos com as possibilidades da bebida que a gente tanto ama.

De todos os preconceitos que a gente traz arraigados, não imaginei que o meu contra café com ~frescura~ fosse um dos que cairiam por terra em 2014. Adoro quando a vida dá um jeitinho de esfregar na nossa cara que não, a gente não sabe de tudo. Mesmo que seja com algo tão banal quanto sabor de café.

Anúncios

7 comentários sobre “Aroma de café

  1. Comecei assim também.
    Em breve você não se contentará mais com as opções limitadas do fabricante e passará a buscar sabores novos. Eu hoje me pego importando cafés…

    • Oi Leandro, obrigada pelo comentário! Pois é, estou gostando de experimentar novos blends, mas ainda estou entrando nesse mundo novo de cafés de luxo rs O próximo passo é fazer um curso de barista. Um dia eu chego lá! 🙂

      • Não precisa de curso não. É legal e até melhor se fizer. Mas descobrir as coisas sem o conhecimento técnico também tem um encanto.

  2. Sei que não precisa, mas tenho curiosidade pelo lado técnico da coisa. Não vou deixar de descobrir o café por conta própria, até porque esse é o tipo de plano pra quando eu aposentar, pelo andar da carruagem rs

  3. Ana T disse:

    Sempre curti café, mas nunca tive frescura com os cafés chiques! (aliás, ri do frescura entre tils porque fiquei lembrando do Daniel! kkkkk) Quero provar esse cafééééé aí! 😀

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s