Impressão digital

Digita4

Tinha um quê de ritual. Passear por entre as prateleiras, folhear páginas amareladas, voltar ao balcão com um exemplar e sair da biblioteca de livro e assinatura embaixo do braço. Era a época em que ainda existiam as fichas de empréstimo que traziam consigo toda a história das andanças daquela história.

Mas já faz um tempo que, como se não bastassem os balcões que separam os leitores dos livros, os computadores substituíram as bibliotecárias conhecedoras do acervo, e os scanners de impressão digital eliminaram a assinatura na ficha. Não tem mais carteirinha de biblioteca, com aquela sua foto 3×4 vergonhosa, e a listinha de livros que foram seus companheiros nos últimos tempos – essa sim, pra você exibir com orgulho.

É o fim da era em que passávamos os dedos pelas lombadas pra sentir se o livro nos chamava. Da que descobríamos os títulos mais exóticos e as dedicatórias mais apaixonadas desprezadas entre um exemplar e outro de Lucíola. Não dá mais pra saber que a menina com letra redondinha retirava aquele livro uma vez por ano. Nem pra imaginar porque o rapaz de assinatura quase ilegível ficou tanto tempo com aquele romance.

O que sobrou? Os livros – ao contrário do que dizem os apocalípticos, eles não vão a lugar algum. E talvez a multa.

Anúncios

2 comentários sobre “Impressão digital

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s