Assista Treme

Dizem que se conselho fosse bom, ninguém dava. Mas eu faço parte do pequeno grupo de pessoas que assistem Treme, produção da HBO cuja última temporada estreia hoje. E se há algo que esses espectadores têm em comum é recomendar a série pra todo mundo que conhece.

Guardians of the Flame emerge from Poke's Tavern to start St. Joseph's Night

Porque Treme é diferente de tudo que você já viu. Ao ter a New Orleans devastada pelo Katrina como cenário – bem longe do eixo Los Angeles-Nova York – David Simon conseguiu criar uma história rica cujo real valor não está no figurino, na maquiagem ou nos efeitos: está nas pessoas, nos diálogos e suas histórias.

cena-de-treme

Acho que foi o Wendell Pierce, que interpreta o inesquecível Antoine Batiste na série, quem disse que Treme é um documentário ficcional. Essa é a melhor definição para essa experiência sem par na TV. Produto de toda uma geração de Sopranos, Braking Bads, Mad Mens e, antes disso, The Wires (também de Simon, da qual já falei aqui), Treme segue personagens que tentam sobreviver em New Orleans após a passagem do furacão pela cidade e o estrago que ele deixou.

Treme_S3_Poster.indd

São famílias em busca de seus desaparecidos, advogados, policiais, políticos e construtoras em busca de uma fatia do bolo da reconstrução. Mas mais que isso, esse é um drama sobre um DJ de rádio meio maluco, a chef de cozinha que vê o restaurante quase vazio todas as noites, a proprietária que tenta fazer seu bar voltar a ser o que era antes, descendentes das tribos nativas que querem embelezar o Mardi Gras quase morto, os músicos de rua e das melhores casas de jazz e blues que vêem os shows e as gorjetas cada vez mais raramente. Ou seja: é sobre as pessoas que ajudam a construir o patrimônio cultural, histórico e gastronômico pelo qual a cidade é mundialmente famosa.

Diálogos afiados, personagens multifacetados, participações especialíssimas e uma trilha sonora sensacional fazem de Treme uma série imperdível para quem gosta de música, mas principalmente para os que curtem boas histórias. David Simon já havia provado ser um mestre em contá-las em The Wire, e voltou dessa vez menos técnico e com mais coração. A série tem o nome de um dos mais representativos bairros de New Orleans porque busca, sempre que possível, povoá-la de personagens reais e verdadeiras lendas vivas da cidade.

Kermit Ruffins (centro) é um dos muitos personagens reais de Treme: churrasqueiro e músico faz parte de um elenco super competente.

Kermit Ruffins (centro) é um dos muitos personagens reais de Treme: churrasqueiro e músico faz parte de um elenco super competente.

Esse trabalho impecável de pesquisa faz qualquer um se apaixonar por aquele lugar, por sua música e tradições. Fui do piloto direto para ouvir a trilha sonora inteira, para as receitas de pratos típicos, para sonhar roteiros de viagens junto ao Daniel, meu parceiro de vida, de aventuras e de séries apaixonantes.

20100426_treme_560x375

O inevitável luto de quem se despede de personagens que acompanha há tempos (no meu caso, há meses, mas pra muita gente, desde 2010) já começou. Corra pra ver, antes que termine, ou depois que terminar. E passe adiante.

Leia também: o post do sr. meu namorado, Daniel Corrêa, no Tenho Mais Discos Que Amigos! sobre Treme.

Anúncios

6 comentários sobre “Assista Treme

  1. ricardobotafogo disse:

    Bem, vim agradecer a recomendação. Acabei de assistir a ‘Treme’ e é realmente apaixonante! Vamos nos envolvendo de tal forma com os personagens que posso dizer que o episódio final é um dos meus preferidos encerramentos de séries.

    Ricardo Pereira

    • Fico muito feliz que tenha gostado, Ricardo! Realmente, o final é ótimo, mas ainda deixa um gostinho de quero-mais… Acho que foi um encerramento muito precoce, mas valeu a pena cada episódio.

      O que mais gostei em Treme é que a série acaba, mas não sai de você. No meu caso, continuei ouvindo as músicas de vários artistas que conheci por lá e até compramos um livro de receitas da série aqui pra casa. Espero que com você também seja assim 🙂

      Ah, e obrigada por voltar aqui e me contar o resultado!
      Beijo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s