“Eu só quero sentir tudo”

20130211-girls-lena-600x-1360597324

Não me identifico com metade das coisas que a Hannah faz – a começar pelo guarda roupas e pelo gosto em homens. Mas se tem algo que Lena Dunham faz em Girls é falar com toda uma geração de jovens mulheres de 20 e poucos anos que só querem encontrar seu lugar no mundo.

Sem dar muitos spoilers, no quinto episódio da segunda temporada, Hannah tem uma tarde de sexo, vinho e pingue-pongue com um homem perfeito. Não só um médico, mas interpretado pelo Patrick Wilson, o que já te diz aí uma coisinha ou outra sobre o tanquinho a personalidade dele.

Mas Hannah tinha de ser Hannah. Ela tinha de falar sobre seus sentimentos. Ganhando um cafuné na cama, ela decide que é seguro se abrir ali, para aquele total estranho. Chorando lágrimas tão verdadeiras quanto uma nota de R$3, ela chega à conclusão de que é como a Fiona Apple: “Não sou louca, só quero sentir tudo”.

É uma vontade nobre. Sentir não só a torna mais humana – e, cheia de defeitos, Hannah é sem dúvida homo sapiens -, mas a permite canalizar tudo aquilo em algumas páginas e ajudar pessoas. É muito provável o que vai acontecer com o já badalado (e ainda inédito) livro de ensaios da Lena Dunham, que, sem exagero algum, pode ser mesmo uma grande voz de sua geração.

Mas, do alto de seus 24 anos, Hannah está calejada. Ela está cansada de sentir as dores que, na maioria das vezes, se inflige. O choro acontece pela realização de que ela também quer ser feliz. Ela quer a casa, o emprego, a própria lixeira.

patrick-wilsonClaro que o dr. Joshua não esperava tantos sentimentos transbordando daquela menina 18 anos mais nova e ela sabe disso, muito embora ele não o diga. Hannah já se decepcionou o suficiente para saber que as pessoas estão preparadas para se verem nuas, mas não desnudas. Não na era dos amores descartáveis, em que se envolve com o outro principalmente pra evitar ter de ficar sozinho e, Deus nos livre, olhar pra dentro.

Quando saiu daquela casa cheia de coisas que nem imagina quando vai ter, ela parecia diferente. Nessa de ser sincera, Hannah pode ter acrescentado mais uma cicatriz àquelas tantas outras. Mas a impressão que fica é a de que, muito mais que isso, ela aprendeu algo – sobre si mesma e sobre as pessoas. E de que adiantam os tombos senão para nos ensinar sobre a vida, o universo e tudo mais?

E foi aí que ela me fisgou e transformou minha tela em um espelho. Hannah está crescendo. E a gente junto com ela.

Anúncios

6 comentários sobre ““Eu só quero sentir tudo”

  1. O mundo inteiro ano passado estava falando de Girls e eu fui com toda calma do mundo assistir a primeira temporada. De cara não consegui me identificar com nenhuma delas. Mas acho que essa minha implicância vem exatamente pq na primeira temporada mudaram o comportamento do Adam, gostava dele mais como ogro mesmo. Para com isso a Hannah mudar, sabe. Mas a segunda temporada eu estou gostando bem mais, ainda não cheguei nesse episódio, parei no da cocaína o_O. E concordo com vc, acho que estou curtindo mais pq a série está amadurecendo.

    • Pois é, Gisele, quebraram o Adam! Mas a Hannah parece estar mudando aos poucos… Depois da cocaína, tem um episódio bem legal que restaura sua fé na série rs Estou gostando muito da Shoshanna também, agora que ela tá mais “vivida” rs Agora estou bem animada pra essa temporada… Vamos ver no que vai dar.

  2. Eu vi a primeira temporada toda hoje e sinceramente, não tenho uma opinião formada. Achei que fosse gostar de girls imediatamente e que fosse rolar uma identificação imediata com a série , mas ainda não senti isso. A série não é ruim, mas esperava mais.

    • Karine, comigo foi o oposto rs Tinha uma ideia muito vaga do que era, então não esperava nada… Me surpreendi porque me achei em várias situações ali (especialmente nessa segunda temporada) e até minhas amigas também. Mas só conheço gente que não gosta de Girls, então pode ser que você não se apaixone também rs E tudo bem 😉

      • ahahaha bom saber que não estou sozinha! mas eu vou ver a segunda temporada, já ouvi comentários bem positivos e pode ser que engreve pra mim a partir de agora, né? beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s