Quebrando a cara com Erasmo

Ontem fui cobrir o show do Erasmo Carlos no Festival de Inverno do Sesc Rio para o portal Acontece em Petrópolis. Fui, admito, mais pela minha mãe (que também não estava lá tão animada com a ideia de sair com aquele frio e aquela chuva). Achei que fosse ser chato – as músicas, velhas, e o público mais ainda.

Nunca foi tão bom quebrar a cara. Tinha esse preconceito porque minha mãe nunca teve mania de Roberto ou Erasmo – se teve, ficou na adolescência. Ela me ensinou a ouvir muito Fagner e Djavan, mas não Jovem Guarda.

A verdade é que o show foi eletrizante – aliás, essa é a proposta da turnê “Rock n’ Roll”. Acabei de escrever minha crítica no portal, então não há porque repetir tudo aqui. Dê uma passadinha por lá!

E hoje acordei ouvindo Erasmo. Pode rir.

Anúncios

2 comentários sobre “Quebrando a cara com Erasmo

  1. Sandra disse:

    tantas emoções, hein! opa, essa é do Robertão! 😉

    já li sua crítica no Portal Acontece…parabéns!

    =)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s